Menu

CSN lucra R$ 378 milhões no quarto trimestre de 2017

27 MAR 2018
27 de Março de 2018

Companhia reverte resultados negativos; faturamento no ano todo supera R$ 18 bilhões e vendas superam 4,9 milhões de toneladas


Volta Redonda – A CSN divulgou, após o fechamento do mercado de capitais, nesta segunda (26), seus resultados do quarto trimestre e o balanço do ano de 2017. A Companhia teve lucro de R$ 378 milhões no quarto trimestre, o que reverteu os números negativo dos resultados acumulados dos primeiros nove meses do ano e levou a um ganho acumulado de R$ 11 milhões em 2017.

Para chegar a esse número, a empresa registrou receita total superior a R$ 18 bilhões, sendo R$ 12,9 bilhões vindos da siderurgia, R$ 4,6 bilhões da mineração, R$ 1,6 bilhão de logística, R$ 487 milhões de cimento e R$ 408 milhões de energia, com despesas corporativas de R$ 1,6 bilhão.

No que diz respeito à siderurgia, o volume de vendas chegou a 4,92 milhões de toneladas, sendo 2,84 milhões vendidas no mercado interno e 2,08 milhões exportadas, com uma relação aproximada de 42% para o mercado externo e 58% para o interno.

Sobre as vendas externas, 313 mil toneladas foram exportadas de forma direta e 1.768 mil toneladas foram vendidas pelas subsidiárias no exterior, sendo 596 mil toneladas pela LLC, 808 mil toneladas pela SWT, 364 mil toneladas pela Lusosider.

Produção

No quarto trimestre de 2017, a produção de placas pela CSN somou 1.099 mil toneladas, incremento de 17% frente ao mesmo período do ano anterior. A produção de laminados planos em 2017 foi 15% superior à registrada no ano anterior, totalizando 3.679 mil toneladas.

No quarto trimestre de 2017 a CSN manteve o alto nível de participação de produtos revestidos no volume de vendas totais, seguindo a estratégia de incremento de valor agregado do seu mix de produtos. As vendas de revestidos como galvanizados e folhas metálicas, representaram 57% do volume de vendas de aços planos, em linha ao observado no terceiro trimestre, considerando todos os mercados em que a Companhia atua. Destaque para o mercado externo, onde a participação de produtos revestidos passou de 88% das vendas de aços planos para 89% no quarto trimestre de 2017.

Cimento

No quarto trimestre de 2017, as vendas de cimento totalizaram 661 mil toneladas, 34% inferior em relação ao 3T17, gerando receita líquida de R$106 milhões. Já o Ebitda ajustado atingiu R$3 milhões, com margem Ebitda ajustada de 3%. Em 2017, foram vendidas 3.311 mil toneladas de cimento, 18% superior a reportada em 2016. Em 2017, a receita líquida somou R$487 milhões, enquanto o Ebitda ajustado foi de R$15 milhões com margem Ebitda ajustada de 3%.

Participação das áreas de negócio

A siderurgia continua responsável por quase dois terços (65%) da receita líquida da CSN, e por mais da metade (56,7%) de sua geração de caixa, medida pelo Ebtida. A mineração responde por 22,4% da receita e 27,8% do Ebitda. A cimenteira gera 2% do faturamento e 0,2% do Ebitda. A logística gera 8,3% do faturamento e 13,1% do Ebtida, enquanto o setor de energia gera 2% do faturamento e 2,2% do Ebitda.

Voltar
Tenha você também a sua rádio